MODELO DE PROPOSTA PEDAGÓGICA - ENSINO FUNDAMENTAL

PUBLICADO POR CONTEUDOESCOLA - AUTOR FRANCISCO VALENTE EM 21/07/2004 ÀS 09H45

COLÉGIO PROFESSORA HELENA VALENTE  ( FICTÍCIO )

PROPOSTA PEDAGÓGICA

(MODELO -ENSINO FUNDAMENTAL)


 

A PROPOSTA PEDAGÓGICA DO COLÉGIO PROFESSORA HELENA VALENTE LEVA EM CONTA A LEI DE DIRETRIZES E BASES DA EDUCAÇÃO NACIONAL - LDB 9.394/96, A CONSTITUIÇÃO BRASILEIRA, O ESTATUTO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE, O DISPOSTO NOS PARÂMETROS CURRICULARES NACIONAIS - PCN E DELIBERAÇÃO NO. 01/99 DO CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO DE SÃO PAULO.

A METODOLOGIA DE ENSINO DO INSTITUTO EDUCACIONAL JULIA MELO, ESTÁ BASEADA NA PROPOSTA CONSTRUTIVISTA, OU SEJA, O OBJETIVO É LEVAR A CRIANÇA A EXPLORAR E DESCOBRIR TODAS AS POSSIBILIDADES DO SEU CORPO, DOS OBJETIVOS, DAS RELAÇÕES, DO ESPAÇO E ATRAVÉS DISSO, DESENVOLVER A SUA CAPACIDADE DE OBSERVAR, DESCOBRIR E PENSAR. AS ATIVIDADES SÃO PROGRAMADAS À INSERIR O CONTEÚDO A SER TRABALHADO DENTRO DO OBJETIVO A SER ALCANÇADO PELA ESCOLA.

O COLÉGIO PROFESSORA HELENA VALENTE ADOTA A METODOLOGIA PEDAGÓGICA SÓCIO-CONSTRUTIVISTA PARA O TRABALHO COM OS ALUNOS DE ENSINO FUNDAMENTAL.

NO ENSINO FUNDAMENTAL, A PROPOSTA PEDAGÓGICA DA ESCOLA PRIVILEGIA O ENSINO ENQUANTO CONSTRUÇÃO DO CONHECIMENTO, O DESENVOLVIMENTO PLENO DAS POTENCIALIDADES DO ALUNO E SUA INSERÇÃO NO AMBIENTE SOCIAL UTILIZANDO, PARA ISSO, OS CONTEÚDOS CURRICULARES DA BASE NACIONAL COMUM E OS TEMAS TRANSVERSAIS, TRABALHADOS EM SUA CONTEXTUALIZAÇÃO.



 

ENSINO FUNDAMENTAL

O ENSINO FUNDAMENTAL DEVE ESTAR COMPROMETIDO COM A DEMOCRACIA E A CIDADANIA. NESSE SENTIDO, BASEADOS NO TEXTO DA CONSTITUIÇÃO DE 88, OS PARÂMETROS CURRICULARES NACIONAIS - PCNS ORIENTAM A ESCOLA QUANTO AOS PRINCÍPIOS GERAIS QUE VISAM À CONSECUÇÃO DAS SEGUINTES METAS:

- RESPEITO AOS DIREITOS HUMANOS E EXCLUSÃO DE QUALQUER TIPO DE DISCRIMINAÇÃO, NAS RELAÇÕES INTERPESSOAIS, PÚBLICAS E PRIVADAS;

- IGUALDADE DE DIREITOS, DE FORMA A GARANTIR A EQUIDADE EM TODOS OS NÍVEIS;

- PARTICIPAÇÃO COMO ELEMENTO FUNDAMENTAL À DEMOCRACIA;

- CO-RESPONSABILIDDE PELA VIDA SOCIAL COMO COMPROMISSO INDIVIDUAL E COLETIVO.

A LDB 9.394/96 TEM NA CIDADANIA SEU EIXO ORIENTADOR E SE COMPROMETE COM VALORES E CONHECIMENTOS QUE VIABILIZAM A PARTICIPAÇÃO EFETIVA DO ALUNO NA VIDA SOCIAL; EM FUNÇÃO DISSO, SÃO 3 NOSSAS DIRETRIZES DE ENSINO:

- POSICIONAMENTO EM RELAÇÃO ÀS QUESTÕES SOCIAIS E VISÃO DA TAREFA EDUCATIVA COMO INTERVENÇÃO INTENCIONAL NO PRESENTE;

- TRATAMENTO DE VALORES COMO CONCEITOS REAIS, INSERIDOS NO CONTEXTO DO COTIDIANO;

- INCLUSÃO DESSAS PERSPECTIVAS NO ENSINO DOS DIVERSOS CONTEÚDOS ESCOLARES.

A INCLUSÃO DE TEMAS SÓCIO-CULTURAIS NO CURRÍCULO TRANSCENDE O ÂMBITO DAS DIVERSAS DISCIPLINAS E CORRESPONDE AOS TEMAS TRANSVERSAIS, PRECONIZADOS PELOS PCNS PRA O ENSINO FUNDAMENTAL E QUE SE CARACTERIZAM POR:

- URGÊNCIA SOCIAL;

- ABRANGÊNCIA NACIONAL;

- POSSIBILIDADE DE ENSINO E APRENDIZAGEM NO ENSINO FUNDAMENTAL;

- FAVORECIMENTO NA COMPREENSÃO DA REALIDADE SOCIAL.



 

NA FORMA DE:

- ÉTICA;
- DIVERSIDADE CULTURAL;
- MEIO-AMBIENTE;
- SAÚDE;
- ORIENTAÇÃO SEXUAL;
- TRABALHO E CONSUMO;
- TEMAS LOCAIS,

SERÃO AGREGADOS, SEMPRE QUE POSSÍVEL, A TEMÁTICAS QUE EVIDENCIEM OS CONTEXTOS DA COMUNIDADE ONDE ESCOLA ESTÁ INSERIDA.


OBJETIVOS GERAIS PARA O ALUNO

- DOMÍNIO DE CORPO DE CONHECIMENTOS ACADÊMICOS;

- AQUISIÇÃO DE HABILIDADES PARA A VIDA DE TRABALHO;

- AQUISIÇÃO DE CAPACIDADE DE TOMAR DECISÕES E POSIÇÕES, A PARTIR DE ANÁLISES;

- AQUISIÇÃO DE HABILIDADES DE SÍNTESE E APLICAÇÃO DE CONHECIMENTOS;

- COMPREENSÃO E USO DE TECNOLOGIAS;

- FORMAÇÃO DE JUÍZOS DE VALOR A PARTIR DA VIVÊNCIA NO AMBIENTE SOCIAL;

- AQUISIÇÃO DE LEITURA E ESCRITA E USO COMPETENTE DE TAIS HABILIDADES;

- COOPERAÇÃO INDIVIDUAL E COLETIVA EM SITUAÇÕES PARTICULARES, LOCAIS E GLOBAIS;

- COMPREENSÃO DE DEVERES E DIREITOS DE CIDADANIA.

 

O CURRÍCULO ESCOLAR VALORIZARÁ, AINDA, AS SEGUINTES ATIVIDADES:

- ESTUDOS DO MEIO;

- EVENTOS CÍVICOS E COMEMORATIVOS;

- VIAGENS DE INTEGRAÇÃO E SOCIALIZAÇÃO;

- VISITAS A EXPOSIÇÕES, MOSTRAS CULTURAIS E EVENTOS.

OS ALUNOS CONTARÃO COM UM LABORATÓRIO DE INFORMÁTICA CUJA FINALIDADE É A OBTENÇÃO DE COMPETÊNCIAS E HABILIDADES NO USO DO COMPUTADOR COMO INSTRUMENTO DE ESTUDO, PESQUISA E TRABALHO.

AVALIAÇÃO

AS PRÁTICAS DE AVALIAÇÃO SERÃO, PRIMORDIALMENTE, OBSERVACIONAIS, COM ÊNFASE NA AVALIAÇÃO QUALITATIVA SOBRE A QUANTITATIVA, INDEPENDENTEMENTE DO CRITÉRIO DE ATRIBUIÇÃO DE NOTAS OU CONCEITOS.

OS PROFESSORES UTILIZARÃO FICHAS INDIVIDUAIS DE ACOMPANHAMENTO E OBSERVAÇÃO DOS ALUNOS, COM OS ITENS A SEREM PREENCHIDOS E CONDIZENTES COM OS CONTEÚDOS CONCEITUAIS, ATITUDINAIS E PROCEDIMENTAIS DESENVOLVIDOS.

SÃO PAULO, 06 DE JANEIRO, 2004.


________________________________
DIRETOR
(ASSINATURA E CARIMBO)

OBS.:

- RUBRICAR TODAS AS VIAS E ASSINAR A ÚLTIMA, APONDO CARIMBO DO DIRETOR, COM O REGISTRO NO MEC;

- ENTREGAR 02 VIAS ORIGINAIS, JUNTAMENTE COM O PLANO ESCOLAR, SENDO QUE UMA SERÁ DEVOLVIDA À ESCOLA, HOMOLOGADA;