A CIA. DO METROPOLITANO DE SÃO PAULO (METRÔ), EMPRESA PÚBLICA DO GOVERNO DO ESTADO, INICIOU, EM SETEMBRO DE 2004, UMA PROMOÇÃO CULTURAL LOUVÁVEL EM TODOS OS SENTIDOS:  O PROGRAMA "EMBARQUE NA LEITURA" – BIBLIOTECA CIRCULANTE NA ESTAÇÃO PARAÍSO DO METRÔ DESTINADA A EMPRESTAR, PARA LEITURA NO LOCAL, OU EM CASA, UM ACERVO DE 4.000 LIVROS, INCLUSIVE ESCRITOS EM LINGUAGEM BRAILLE. OS ASSUNTOS SÃO VARIADOS: FILOSOFIA, RELIGIÃO, SOCIOLOGIA, CIÊNCIAS, ARTES, LITERATURA BRASILEIRA E ESTRANGEIRA, HISTÓRIA E GEOGRAFIA.


O SERVIÇO FUNCIONA DAS 11:00 ÀS 20:00 HORAS, DE SEGUNDA A SEXTA-FEIRA. PARA TER ACESSO AOS LIVROS, É NECESSÁRIO CADASTRAR-SE, O QUE É FEITO RAPIDAMENTE, COM A APRESENTAÇÃO DE UM COMPROVANTE DE ENDEREÇO (CONTA DE LUZ, ÁGUA, TELEFONE, ETC.), CÉDULA DE IDENTIDADE – RG E UMA FOTO TAMANHO 3 X 4. A CARTEIRINHA DE "ASSOCIADO" É GRATUITA E CRIANÇAS MENORES DE 12 ANOS TAMBÉM PODEM OBTÊ-LA, SE ACOMPANHADAS DOS RESPONSÁVEIS. O EMPRÉSTIMO É POR 10 DIAS E A DEVOLUÇÃO PODERÁ SER FEITA EM QUALQUER HORÁRIO, ATRAVÉS DE CAIXAS COLETORAS NA ESTAÇÃO.
A EMPRESA MANTÉM, AINDA, UMA BIBLIOTECA CENTRAL, EM SUA SEDE EM SÃO PAULO, CAPITAL, ACESSÍVEL A ESTUDANTES, PESQUISADORES E PÚBLICO EM GERAL, COM UM CONSIDERÁVEL ACERVO TÉCNICO.

ESSE SERVIÇO PÚBLICO É FEITO EM PARCERIA COM EMPRESAS FINANCIADORAS (COSIPA E DUFER, AMBAS DO GRUPO USIMINAS) E ESTAVA PREVISTA, NO INÍCIO, SUA AMPLIAÇÃO PARA OUTRAS NOVE ESTAÇÕES. TODAVIA, PASSADOS SETE MESES, CONTINUA, SOLITÁRIA, A ÚNICA BIBLIOTECA CRIADA, A DO PARAÍSO. NÃO ACREDITAMOS QUE A POPULAÇÃO NÃO TENHA GOSTADO E, POR CAUSA DISSO, TENHA DEIXADO DE ADERIR À INICIATIVA. SÃO PAULO É UMA CIDADE QUE TEM UM BOTEQUIM EM CADA ESQUINA -  AO INVÉS DE BIBLIOTECAS OU LIVRARIAS - E OS LIVROS SÃO CAROS, TENDO EM VISTA A RENDA MÉDIA DO BRASILEIRO. CERTAMENTE, O PROJETO NÃO RENDEU, DE IMEDIATO,  OS LUCROS POLÍTICOS QUE O GOVERNO ALMEJAVA E NÃO HOUVE DINHEIRO OU TEMPO PARA IMPLANTAR OUTRAS  UNIDADES, DE MODO A SE TER CERTEZA, DE FATO, QUE A INICIATIVA NÃO PROSPERARIA. NÃO SE PODE ACREDITAR NESSA HIPÓTESE, DE QUE A POPULAÇÃO SEJA INDIFERENTE A UM ESTÍMULO CULTURAL DESSE TIPO: LER LIVROS EM CASA E GRATUITAMENTE.

DE QUALQUER MODO, FICA O EXEMPLO (MEIO FRUSTRADO) PARA OUTROS ORGANISMOS E EMPRESAS QUE DISPÕEM DE LOCAIS PARA A INSTALAÇÃO DE CENTROS CULTURAIS E/OU BIBLIOTECAS: ESTAÇÕES DE ÔNIBUS, "SHOPPING CENTERS", HIPERMERCADOS, A GALERIA PRESTES MAIA, NA PRAÇA DO PATRIARCA, ALÉM DE INÚMERAS PRAÇAS E PÁTIOS DE PRÉDIOS PÚBLICOS.

ALÉM DA TIMIDEZ HISTÓRICA COM QUE NOSSAS ELITES TRATAM DE ASSUNTOS DE CULTURA, FALTA TAMBÉM VONTADE POLÍTICA, POIS O DINHEIRO PÚBLICO, TODOS SABEM, EXISTE EM QUANTIDADE E  GERALMENTE DESPERDIÇADO EM INICIATIVAS ELEITOREIRAS.

SÃO PAULO É UMA METRÓPOLE POBRE EM BIBLIOTECAS, ALÉM DE OUTROS SERVIÇOS CULTURAIS. QUALQUER INICIATIVA NO SENTIDO DE CRIÁ-LAS SERÁ BEM-VINDA. E A POPULAÇÃO BEM QUE MERECE.


BIBLIOTECA "EMBARQUE NA LEITURA"
ESTAÇÃO PARAÍSO DO METRÔ DE SÃO PAULO
HORÁRIO: DAS 11:00 ÀS 20:00 HORAS, DE SEGUNDA A SEXTA-FEIRA.
WWW.METRO.SP.GOV.BR/BIBLIOTECA

BIBLIOTECA CENTRAL DO METRÔ DE SÃO PAULO
RUA AUGUSTA, 1626, TÉRREO – CONSOLAÇÃO
HORÁRIO: DAS 8:30 ÀS 17:30 HORAS, DE SEGUNDA A SEXTA-FEIRA.